17 de março de 2012

Digo que é difícil porque sinto dentro de mim a dor, o fraquejar das minhas mãos e pernas a cada tentativa de movimento falhado, sinto em mim a vontade de desistir, porque apenas me farto do mundo fútil em que vivo. Sinto pena e ódio, um amor mau pelo que me rodeia, e um medo enorme de me mexer, uma imensa dúvida sobre o avançar. Penso em limpar de uma vez as lágrimas que percorrem a minha pele, e fazer-me de uma vez por todas uma rapariga forte e fria, o que faria de mim perfeita à vista de todos, já que ninguém veria as minhas imperfeições psicológicas estampadas nas minhas feições físicas. Mas tudo não passa de um pensamento, e eu limito-me a sonhar, limito-me apenas a sonhar, e a também respirar, naquele recanto do meu quarto, onde sei que ninguém me irá encontrar. Em mais um dia da minha vida, eu limito-me a viver olhando para mim como uma existência inexistente, reprovo em mim todos os sonhos, desisto de todas as lutas que travei. E depois de somar os dias em que apenas existi, isolada no meu quarto, longe de tudo, apenas aplaudo ao meu coração, que ainda não parou de bater depois de tanta tentativa de escapar do mundo.

25 comentários:

Renata disse...

Custa imenso e é uma dor quase insuportável. Obrigada minha querida.
Adorei*

Adriana Teles disse...

Está lindo !

Ana Margarida disse...

Está lindissimo, e espero que essa dor insuportável passa rápido! Sê forte *
P.S- Depois, quando puderes, passa no meu blog e responde à sondagem. Obrigada !

Renata disse...

Não tens de que querida*

Marisa Engenheiro disse...

que perfeito *.*
segui, beijinho :)

Anónimo disse...

Olha eu nem sei o que dizer sobre o que li !!
Porque simplesmente AMEI !!
Mas é só pena o teu estado psicológico estar assim !! Porque eu nao gosto de te ver assim , mas acredita que isto irá passar !! Falo por expriencia ... e alguma coisa que precises é só dizer :)
O tempo tudo cura

Bjs Eduarda

Ana Guerreiro disse...

Obrigada e parabéns pelo teu blog.
Já o sigo há muito tempo e adoro tudo o que escreves!

Infelizmente identifico-me imenso com omteu texo :c


Beijinhos !

catiag disse...

gostei do blog :)*

Adriana Teles disse...

Oh, muito obrigada, a sério !

Marisa Engenheiro disse...

muito obrigada princesa
eu gostava de por uma imagem assim como tens no teu, acho que o blog fica lindo (como o teu está :) ) só que nao consigo, enifm

S. disse...

gostei, vou seguir*
beijinho

Adriana Teles disse...

Tenho um selo para ti no meu blogue. encontra-se na pagina "selinhos*-*" :P

- andreia pereira . disse...

uaaau , está lindo :)

Ana Guerreiro disse...

obrigada!

é preciso força :)

Joana. ou Alice. disse...

Muito obrigada <3

Marisa Engenheiro disse...

eu gostava de pôr a imagem por cima, no canto superior direito, mas nao faço a minima ideia de como se faz.
Se me pudesses ajudar agredecia, fofinha (:

Marisa Engenheiro disse...

continuo sem conseguir, porque fico com o texto sempre todo deformado, o blog inteiro desloca-se para a esquerda. deixa lá (:
obrigada fofinha

Marisa Engenheiro disse...

eu vou tentar, obrigada pela ajuda flor :)

ritinhafernandes. disse...

força *
sigo (:

inês disse...

oh obrigada sté!

ser forte e fria não é uma coisa boa, é bom ter sentimentos porque significa que damos valor às coisas. e sabes, ninguém é perfeito

Fernando Gonçalves disse...

Olá, parabéns pelo seu blog.
Te convido a conhecer o meu,
http://carmasepalavras.blogspot.com/

;)

- Bianca disse...

Obrigada pela comentário :)
Adorei o texto, escreves extremamente bem :)

addy ♥ joão disse...

adoro completamente *
sigo :)

Rita Pereira disse...

Adorei , o texto está lindoo *-*

Sigo*

Ana Guerreiro disse...

Obrigada :D